sábado, 29 de junho de 2019

Acantonamento na Ilha da Culatra

O projeto desde o seu início previa uma saída onde os seus participantes pudessem ficar uma noite fora do seu acampamento.
Ao longo do tempo, conseguimos agendar um acantonamento na escola primária da Ilha da Culatra.
Feito então o acordo com a escola e após uma apresentação do nosso projeto na reunião alargada da CPCJ de Faro, os representantes da Polícia Marítima, gostaram muito do nosso projeto e comunicaram-nos que gostavam de colaborar, então fizemos logo o pedido de transporte para a Ilha da Culatra, que foi aceite.
O próximo passo, que parecia o mais fácil, era garantir os participantes, mas..., não foi tão fácil como se previa, medos das matriacas (avós) em deixar os seus net@s dormirem fora, tornou a tarefa árdua, que foi conseguido com a ida de três pais para o acantonamento.
Conseguido então assegurar os jovens e os pais, toca de ir para a ilha e podemos afirmar desde o primeiro momento que entraram no barco até voltar, muitas primeiras experiências, muitas emoções, muitas curiosidades foram despoletadas durante os dois dias que estivemos na ilha.
Temos que agradecer os inúmeros contributos que nos possibilitaram este acantonamento, são eles:
Escola Primária da Culatra, Polícia Marítima de Faro, Farmácia Amoreira, Multigourmet Pastelaria e Doçaria, MAPS Algarve, Banco Alimentar Contra a Fome, IPDJ, Centro de Ciência Viva do Algarve, Associação Oncológica do Algarve e a todos os particulares que nos ajudaram.
Vocês estão nos nossos corações e na história deste projeto, um MUITO OBRIGADO.









Nenhum comentário:

Postar um comentário